Contactos

BETEL CONSULTORIA CONTABIL E ADMINISTRAÇÃO DE IMOVEIS

  • Pessoa de contato: OLIVEIRA
  • Telefone: +55 (21) 3566-16-99
  • +55 (21) 99329-70-99
  • Endereço postal: RUA SILVA CARDOSO N 198 SALA 108, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 21810-032, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

RECEITA FEDERAL AGUARDA AVALIAÇÃO DO SERPRO SOBRE DAE

RECEITA FEDERAL AGUARDA AVALIAÇÃO DO SERPRO SOBRE DAE

03/11/15

Receita Federal aguarda avaliação técnica do Serpro

No fim da tarde de hoje, o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins, apresentou um balanço dos cadastramentos no eSocial e da emissão do Documento de Arrecadação (DAE). De acordo com o auditor-fiscal, até às 17 horas, haviam sido cadastrados 1.131.470 empregadores domésticos e 1.164.268 empregados. Destes, mais de 134.740 já emitiram o DAE. “Temos uma expectativa de que mais de 250.000 guias sejam impressas até amanhã, quando será feita uma nova avaliação”, diz.
O subsecretário estava acompanhado da coordenadora-geral de tecnologia da informação, Claudia Maria de Andrade, que explicou que alguns ajustes estão sendo feitos para ajudar as pessoas que não estão conseguindo emitir sua guia. “Estamos acompanhando quais os problemas que estão surgindo. São questões internas de infraestrutura do sistema”, disse ela. Ainda de acordo com Claudia, a instabilidade está sendo reduzida significativamente.
O prazo para pagamento será mantido e encerrar-se-á no dia 6 de novembro.
Estava presente também na coletiva, o diretor do Serpro (Serviço de Processamento de Dados) Andre de Césaro, empresa que presta todos os serviços de informática e de gestão do banco de dados para a Receita Federal.
Diante dos problemas que os empregadores vêm enfrentando nos últimos dias para emitir o Documento de Arrecadação do eSocial, a Receita Federal solicitou hoje ao Serviço Federal de Processamento de Dados – Serpro, uma avaliação técnica definitiva sobre os problemas de instabilidade no sistema.
Essa avaliação do prestador de serviço servirá de base para avaliação do Governo quanto à possibilidade de prorrogação dos prazos do eSocial.

Fonte: RECEITA FEDERAL